Tirando onda

Sônia Abreu tem história pra contar! Muito além do reconhecimento como primeira DJ mulher do Brasil, ela construiu uma trajetória nas rádios paulistanas — começou na Excelcior, ainda nos anos 70, e depois passou por Brasil 2000, 89 FM, Rádio USP e Rádio Globo. Seu programa “Ondas Tropicais” se consagrou por levar ao dial uma programação menos óbvia nos anos 80 e 90, contemplando música africana e caribenha. O projeto também foi uma rádio ambulante, em uma Kombi que circulava pela cidade de São Paulo. Essa é só uma parte da história: o resto está na biografia que acaba de ser lançada e que celebraremos na próxima Vai na Fé!, com discotecagem da Sonia e também do D.Vyzor! O livro foi escrito pelos jornalistas Claudia Assef e Alexandre de Melo. Venha na fé!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *